segunda-feira, 25 de junho de 2012

Adoção - O assunto do momento

Quando a infertilidade entrou na minha vida, foi instalado um constante incomodo em encontrar casais com filhos pequenos, mulheres grávidas e recém-nascidos, e eu ficava me perguntando até quando isso vai continuar?
Com o tempo, fui me afastando das pessoas, evitando festas, evitando visitas a maternidade.
Depois houve a fase de irritação quando se falava na mídia, sobre fertilizações como algo fácil, simples, rápido e eficiente.
Agora...
Não sei se foi uma evolução da espécie, ou uma evolução particular, pois onde vou, o assunto ADOÇÃO é presente.
Reportagens em várias emissoras de tv, novelas,  sites de relacionamento, sites de informações, blogs,  revistas e jornais, falam constantemente sobre ADOÇÃO.
Hoje mesmo, assistindo o programa de estréia da Fátima Bernardes, adivinha? O primeiro assunto a se falar era sobre ADOÇÃO, e durante toda esta semana, este assunto será abordado.
A lei da atração funciona mesmo. 
Sinto que está chegando meu dia.

7 comentários:

  1. Ah Claudinha, sei muuito bem o que é isso...parece que todo mundo ao meu redor tem um filho menos eu...até os gatos e cachorros dos vizinhos tem um bb, menso eu!!!

    Agora este assunto adoção, me incomoda muito o ar de dó e também de nossa, como vcs são seres superiores!!!

    Mas fazer o que né, como vc mesma diz, é a lei da atração!!!

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. oh querida...fik firme em sua decisão mesmo..eu creio está quase chegando o sue dia...bjinhos se cuida.

    ResponderExcluir
  3. Claudia lendo teu relato na hora pensei é a lei da atração e logo abaixo você comenta, incrível.
    è sim amiga logo esse telefone toca e tua vida mudará para muito melhor!!!!

    beijos e boa espera

    ResponderExcluir
  4. Claudia,
    Realmente o preço Fundação é mais em conta, mas tem algumas coisas....
    Mas já estou pensando no plano B, outro lugar!!rsrsrsr
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui :)

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu sinto o mesmo, Cláudia. Acho que a cabeça da gente está totalmente mergulhada nesse assunto, então acabamos sendo seletivos no que vemos e ouvimos. Mas concordo que o assunto tem sido falado com mais frequência. Talvez um sinal de amadurecimento da sociedade... quem sabe? bjo

    ResponderExcluir