segunda-feira, 20 de junho de 2011

CREIO NO DEUS DO IMPOSSÍVEL


Venho te falar, meu Deus
Não está fácil carregar a minha cruz
Há ferida que não sara
Há angústia que não passa
Tento compreender, Senhor
Mas, Teu silêncio só aumenta a minha dor
Não ligue se eu chorar
É meu jeito humano e frágil de rezar

Ah! Eu quero crer no Impossível
(Termine a obra com amor)
Sei, que Teu poder é infinito, Senhor
Sou ovelha machucada
Tua obra inacabada
Ah! Eu quero crer no impossível
(Pois tudo podes Senhor)
Clamo! Cura minha alma e alivia essa dor
Em ti eu creio e espero, Senhor
Venho te falar, meu Deus
Não está fácil carregar a minha cruz
Há ferida que não sara
Há angústia que não passa
Tento compreender, Senhor
Mas, Teu silêncio só aumenta a minha dor
Não ligue se eu chorar
É meu jeito humano e frágil de rezar
Creio no Deus do impossível
(Pois tudo podes Senhor)
Sei, que Teu poder é infinito, Senhor
Sou ovelha machucada
Tua obra inacabada
Creio no Deus do impossível
(Termine a obra no amor)
Clamo! Cura minha alma e alivia essa dor
Em ti eu creio e espero, Senhor

3 comentários:

  1. Oie...quero deixar o meu carinho neste cantinho tão lindo....ainda estou sem net...não consigo visitar todos...mas me lembro de cada um com muita saudades...em minhas orações vc está presente sempre....que Deus te abençõe com toda sorte de bençãos e sua vitória possa chegar em breve(Pois aquele que prometeu é fiel pra cumprir)...te amo em CRisto....não esquece de mim,snif..snif.....Sinto sua falta...,bjinhos e boa semana.

    ResponderExcluir